Monthly Archives: janeiro 2016

“Amo meu bumbum”, diz Amanda Djehdjan
   Léo  Palmeira  │     28 de janeiro de 2016   │     16:33  │  0

“Amo meu bumbum”, diz Amanda Djehdjan em ensaio de
carnaval para o Paparazzo
 
!cid_ii_ijyn1ofi1_15289a74cf835c01
(Crédito: Marcos Serra Lima/ Paparazzo)​
 
Prestes a estrear no carnaval, Amanda Djehdjan posa em clima de folia para o Paparazzo em ensaio que vai ao ar amanhã (29). Eleita musa da Gaviões da Fiel, em São Paulo, e destaque no Rio de Janeiro da Imperatriz Leopoldinense, a morena conta que a preparação para a festa incluiu muitos exercícios físicos. “Não faço nenhuma dieta maluca e não tomo nada. Claro que cortei algumas coisas, mas nada anormal. Faço muito crossfit e isso ajudou a dar uma torneada no corpo” disse ela, agora com cinco quios a menos. E complementa, “Entro de shortinho em casa e meu namorado (Gustavo Bernardes) diz que não consegue prestar nem atenção no que estou falando”, brincou. Amanda também está feliz da vida: “Amo o desenho das minhas costas, acho bonito. Também amo meu bumbum. Falam que minhas pernas são gordas, mas pra mim são é gostosas mesmo!”, dispara.

>Link  

9 tipos de posts antigos que a gente quer esquecer mas o Facebook não deixa
   Léo  Palmeira  │     19 de janeiro de 2016   │     18:01  │  0

Diariamente, o Facebook faz questão de nos mostrar posts que fizemos há um, dois, cinco, enfim, milhões de anos atrás.

Relembrar pessoas, momentos e conquistas pode ser bem legal. Mas pode reparar: na maioria das vezes, essa função serve apenas para fazer com que a gente descubra que vem falhando como seres humanos há tempo.

Se tem lado bom? Tem lado bom. O aplicativo pode servir de alerta para a gente eliminar as evidências dos crimes prescritos.

Antes de fazer a limpa no seu passado, divirta-se com uma lista dos tipos de posts que a gente gostaria de esquecer, mas que o Facebook não deixa:

Brigas em época de eleição

01

As últimas eleições racharam a internet. Amizades foram desfeitas, relacionamentos acabaram e teve até casos de cachorros mordendo donos por discordarem nas urnas. Só vergonha, pelo amor de Deus. E os memes do Eduardo Jorge?

Indiretas

02O deboísmo pode ter invadido o Facebook recentemente, mas somos da época em que o povo gostava de uma boa treta. Voltando nos posts antigos, a quantidade de indiretas que você mandou e nem lembra mais pra quem era é proporcional à sua vergonha por já ter sido, assim, uma d e s s a s p e s s o a s que mandam indireta (mas de quem não vamos falar o nome).

Fotos comprometedoras

03

Lembra daquela noitada em 2009? Quando você bebeu mais do que devia, perdeu o sapato na boate, tentou pagar o taxi com um guardanapo e dormiu fora de casa porque não achava a chave no bolso traseiro? O Facebook lembra.

Posts preconceituosos

04Ok, você percorreu um longo caminho e evoluiu. Hoje em dia você é uma pessoa (quase) sem preconceitos e, mesmo assim, tem trabalhado diariamente pra desconstruir os que ainda moram em algum lugar dentro de você. Mas você já foi um completo babaca um dia. O importante é crescer e aprender, né? E apagar tudo rapidinho.

Posts no começo do namoro

05

Começo de namoro é sempre regado a promessas de amor eterno e… aquela lenga-lenga sem fim. Tudo bem, o amor acontece e às vezes dura (ou amolece). Mas cuidado! Quando o amor acaba, o rastro de declarações, trocas de fotos fofas e indicações de músicas “nossas, do casal” podem ser sinistramente constrangedoras. Especialmente se você estiver com outra pessoa. Se liga: a Terceira Guerra Mundial pode começar se o(a) atual descobrir que você reciclou alguma música do namoro anterior.

Posts no fim do namoro

06

Superar um amor que acabou é ótimo, ficar martelando na timeline de todos o fato de que você está “ótimo” não é. Até porque dizer que não pensa mais é uma forma de pensar (estamos filosofando demais?). Se vocês voltaram, então…. O post é ainda mais vergonhoso. Como disse o Justin para a Britney: o que vai, volta. No Facebook, volta com plateia e hora marcada.

Textão sobre assuntos irrelevantes

369

Quer problematizar? Quer muito falar sobre um assunto? Sua opinião é relevante? Mais importante: daqui a cinco anos o textão vai trazer orgulho? Ou vai te fazer arrancar os olhos com uma colher? Fomos claros ou precisamos escrever mais cinco parágrafos disso?

Piadas que pareciam engraçadas na época, mas hoje…

07

Sabe aquele bordão que era moda na TV? Aquela piada que você leu em todo canto e achava que era super engraçada? Aquela frase com humor negro que fazia todo sentido? O Facebook veio pra mostrar que, na verdade, ela não era tão boa assim e só sua mãe ter curtido na época talvez tenha sido um sinal.

>Link  

Desfilando na avenida pela primeira vez, Amanda Djehdian vira Musa do Gshow
   Léo  Palmeira  │       │     10:44  │  0

 
 
 

(Crédito: Carol Caminha/Gshow)​


Amanda Djehdjan é a próxima da série Musas do Gshow – edição Carnaval 2016, em ensaio que vai ao ar segunda-feira (18). Desfilando no Anhembi, em São Paulo, pela escola Gaviões da Fiel e destaque da carioca Imperatriz Leopoldinense, a ex-BBB conta que o seu envolvimento com a festa começou cedo. “Todo carnaval eu passava dançando, me apresentando, ou curtindo em Salvador. Desta vez, terei a oportunidade de realizar um sonho”, diz.

>Link  

Os novos BBBs comentados em Maratona Especial no Gshow
   Léo  Palmeira  │     13 de janeiro de 2016   │     17:00  │  0

O Gshow transmite hoje, ao vivo, uma edição especial da “Maratona BBB”, num esquenta para o reality show. Especialistas do “Big Brother Brasil” nas redes sociais e ex-BBBs comentam o anúncio dos participantes da 16ª edição do programa. Com mediação da vencedora da 13ª edição, Fernanda Keulla, os comentaristas se reúnem hoje no Projac. O “Big Brother Brasil 16” estreia no dia 19 de janeiro.

>Link